COBRANÇA DO ALE E AI de 2013
Esta revisão está sendo concedida amplamente pela Justiça, e diz respeito à dois pagamentos não realizados pelo governo em 2013, um referente ao ALE – Adicional de Local de Exercício e outro referente ao AI – Adicional de Insalubridade. Ocorre que tais gratificações eram pagas sempre após dois
meses de efetivo trabalho, ou seja, em março eram pagas as verbas referentes à janeiro e assim sucessivamente.  Portanto, quando ocorreu a incorporação do ALE, o governo deveria ter pago o primeiro mês incorporado e juntamente com o mês vencido das gratificações, porém isto não ocorreu.
Este fato acabou passando despercebido pela maioria dos Militares, mas ainda há tempo para requerer esta cobrança. O prazo para requerer termina em 06 de abril de 2018, advogado em Caraguatatuba – Melo Advocacia

 

Termina agora em outubro de 2018, o prazo para sacar o dinheiro da revisão para quem se aposentou entre 02/1994 até 03/1997, não perca seu direito faça o pedido para receber seu dinheiro. Advogado em Caraguatatuba – Melo Advocacia.

Quais as incapacidades que se pode requerer um beneficio junto ao INSS.

1-) Incapacidade física ( quebra de um membro, braço, perna
entre outros ).

2- ) Incapacidade psicológica ( Depressão, Stress pos-Traumático entre outros. )

3-) Incapacidade Social e Sensorial ( por exemplo, algumas pessoas por serem portadoras do vírus HIV, não conseguem colocação no mercado de trabalho. )

IMPORTANTE: não é a doença que da direito ao beneficio, é a incapacidade ao trabalho. Advogado em Caraguatatuba – Melo Advocacia.

1-) Netos da qual avos tenham guarda tem direito a pensão por morte dos avos.
2-) Filho maior, desde que invalido antes do óbito dos pais ou instituidor, tem direito a pensão.
3-) Filhos ate 21 anos, todos tem direito
4-) Ex esposa ou esposo, separado judicialmente, desde que comprove a dependência econômica
5-) Todos que comprovem união estável.
6-) Se o segurado vir a óbito, e na ocasião não era aposentado, porem faria jus a tal, pode os dependentes requerer a aposentadoria para posteriormente, ter direito a pensão por morte.
7-) Se segurado vir a óbito, e trabalhada para alguém, é possível regularização do tempo para requerer a pensão. Advogado em Caraguatatuba – Melo Advocacia

A Segunda Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) manteve indenização por danos morais fixada em R$ 3 mil pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) em razão de acidente sofrido por um homem que caiu em buraco aberto na via pública.
De acordo com o processo, ao cair no buraco, na cidade de Mauá (SP), o homem torceu o tornozelo e rompeu o ligamento. Além de passar meses usando bota ortopédica, sem poder trabalhar, foi-lhe informado sobre a necessidade da utilização de palmilha sob medida e de tornozeleira.  Advogado em Caraguatatuba –  Melo advocacia.
Fonte: STJ – Superior Tribunal de Justiça.